Revista Mandala

Conquistas e enfrentamentos do ser nos recortes dimensionais de Eiko Ojala

Por curiosidade ou compromisso, a obra do artista sugere que é hora de olhar aí dentro para ver o que há.

Compartilhar

Assim como somos seres em constante transformação, também percebemos que nosso comportamento pode mudar de acordo com a situação em que somos colocados. É como se no interior houvesse uma série de revestimentos que guardam versões de nós para cada momento.

Em seu minucioso trabalho de minimalismos e simbologias, o artista estoniano Eiko Ojala fala sobre as dimensões do ser com suas atitudes, seus pensamentos e sua noção de pertencimento ao espaço.

Confira:

Todas as ilustrações são de © Eiko Ojala.

Edmar Borges

Um latino-americano sem dinheiro no banco nem parentes importantes, graduando em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto e vindo do interior de Minas Gerais. Você também me encontra no Obvious Lounge e no Medium Brasil.

Comentar

Cadastre-se

Assine nossa news!



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.