Revista Mandala

Mais do que um recomeço, 2017 traz o poder da transformação

A astróloga Ana Paula D’Almeida fala sobre os caminhos regidos pelos planetas nesse ano que começa com otimismo.

Compartilhar

Por Ana Paula D’Almeida

2016 já se foi…ou foi um trator desgovernado que passou arrancando tudo o que via pela frente?! Alguém conseguiu anotar a placa? Pois é… Para a maioria das pessoas que eu conheço o ano que passou não deixará saudades! Algumas, no entanto, souberam aproveitar o que lhes foi oferecido e fizeram grandes faxinas, mentais, materiais e espirituais. Esvaziar as gavetas, a mente e o coração nem sempre é fácil, mas em algum momento precisamos ver o que, afinal, está ocupando tanto espaço, analisar item por item, descartar o que já não serve e preparar o ambiente para novas aquisições, sejam elas materiais ou não. Digamos que 2016 foi um ano de encerramentos, e quem lutou contra eles de alguma maneira está se sentindo saqueado!

A boa notícia para 2017 é que este será um ano de recomeços. A má notícia é que não vai adiantar sair fazendo tudo o que der na telha, sem planejamento, afinal, 2017 é um ano de Saturno. Se você é do tipo esforçado, organizado e persistente, fico feliz em lhe informar que 2017 será um ótimo ano para você! Mas se você é daqueles que contam com a sorte e agem de improviso, lamento informar que você poderá sofrer algumas invertidas neste ano que está começando. Saturno opera a partir da Lei de Ação e Reação, ou seja, você certamente colherá os frutos que vem plantando, sejam eles doces ou azedos.

Do ponto de vista da astrologia o novo ciclo inicia mais precisamente em 20 de março, quando o Sol entra no signo de Áries, primeiro signo da Roda Zodiacal, o que significa que temos ainda um tempinho para terminar a tal faxina… Mas, para todos os efeitos, 2017 já começou, e parar um pouquinho para analisar o que está acontecendo no céu pode ser uma ótima forma de começar bem o ano aqui na Terra!

Dentro do nosso querido sistema solar o Sol funciona como uma imensa lanterna que ora revela algo aqui, ora acolá… depende para onde a apontamos. Em 2017, o primeiro planeta que será “tocado” pelo Sol será o temível Plutão. Em outras palavras, o primeiro aspecto exato feito pelo Sol será com Plutão, aquele que é conhecido pela sua capacidade de guardar segredos e de manter informações nas profundezas do inconsciente. Quando chegamos escancarando o porão, munidos de lanternas, tochas ou seja lá o que for, via de regra não temos a menor idéia do que vamos encontrar ou do estado das coisas que esquecemos lá desde épocas imemoráveis…Para aqueles que estão dispostos a mergulhar em profundas águas escuras, este é o momento; mas para aqueles que ainda estão empenhados em encobrir suas pequenas (ou não tão pequenas) transgressões, lamento informar que suas chances de êxito serão bem pequenas, especialmente se você nasceu sob os signos de Áries, Câncer, Libra ou Capricórnio, especialmente a partir da metade do segundo decanato.

A presença de Plutão em Capricórnio durante todo o ano de 2017 tende a trazer movimentos importantes para pessoas que tenham planetas, Meio do Céu ou Ascendente nos signos acima citados. Plutão é o Senhor das Transformações, é o planeta que opera as mudanças mais significativas em nossas vidas, aquele que não deixa pedra sobre pedra. Quando Plutão adentra em um signo de Terra, como é Capricórnio, sua ação se dá especialmente sobre questões materiais e estruturais, seja a nível pessoal, coletivo e até mesmo planetário.

Devemos também observar que entramos em 2017 com Mercúrio retrógrado, ou seja, neste ano teremos quatro períodos de retrogradação de Mercúrio ao invés de três, o que aumenta o tempo no qual devemos redobrar os cuidados em relação a tudo que se refere à comunicação, deslocamentos e transações comerciais. Na prática, eu diria que é aconselhável evitar assinaturas de contratos, compra de automóveis, apresentações de TCCs, viagens importantes e quaisquer situações que exijam especial clareza de comunicação nestas datas. Mercúrio está retrógrado desde o dia 19 de dezembro e vai permanecer assim até o dia 7 de janeiro. Também estará retrógrado de 9 de abril a 2 de maio, de 13 de agosto a 4 de setembro e de 3 a 22 de dezembro de 2017. Neste ano também teremos retrogradação de Vênus, de 2 a 14 de abril; neste caso teremos uma janela, entre 9 e 14 de abril, na qual Vênus e Mercúrio estarão retrógrados concomitantemente. Anote estas datas na sua agenda e procure evitar movimentos significativos, tanto no amor quanto nos negócios, especialmente quando o evento reunir estes dois assuntos, como marcar a data do casamento!

Eu diria que os tempos que se aproximam exigem concentração. Este é um ano para economizar recursos, materiais e energéticos, pensando bem no que quer fazer e nos caminhos que pretende trilhar. Aqueles que não desistirem diante das primeiras dificuldades serão recompensados. Afinal de contas, embora sua exigência seja extrema, quem poderia ser mais generoso do que o Pai Saturno?

Edmar Borges

Jornalista latino-americano sem dinheiro no banco nem parentes importantes, ilustrador vindo do interior de Minas Gerais. Acredita que um dia a tecnologia e a espiritualidade vão ter uma linda prole. Você também me encontra em omxxnamashivaya.tumblr.com

Comentar

Assine nossa news!

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.